(41) 3010-6333 contato@abrigovirtual.com.br
    EnglishPortugueseSpanish

A sigla CMS significa Content Management System, ou Sistema de Gerenciamento de Conteúdo em português. Em essência, uma plataforma CMS provê as ferramentas necessárias para a construção, edição e edição de sites de forma descomplicada.

Dessa forma, o CMS possibilita que os usuários criem páginas na web sem que precisem utilizar a linguagem refinada da programação. Assim, esse tipo de plataforma possui uma abordagem prática e intuitiva, permitindo que uma pessoa possa criar um site, blog ou e-commerce sem muita dificuldade.

Neste blog post queremos te mostrar quais as vantagens e desvantagens de uma plataforma CMS e quais são as mais utilizadas atualmente.

Vantagens de uma plataforma CMS

Agora que já entendemos o que é uma plataforma CMS, nós podemos avançar e listar quais as vantagens e desvantagens em utilizá-la.

As principais vantagens estão relacionadas a:

Facilidade na utilização: como a premissa do CMS é ser uma plataforma que permite atualizações de forma mais fácil, a edição descomplicada é um dos seus maiores benefícios. A partir do uso do CMS, qualquer pessoa, com um pouco de paciência, pode criar um site ou blog, a depender da sua necessidade;

Custo reduzido: a maioria das plataformas CMS são gratuitas, logo, os gastos ficam restritos ao pagamento de domínio e um baixo custo para manutenção e atualização, caso seja necessário;

Interessante para você – 5 dicas para realizar um registro de domínio.

Possibilidade da instalação de plugins e extensões: caso você opte por alguma função específica no seu site, blog ou loja virtual, é possível instalar plugins e extensões disponibilizadas pela plataforma CMS;

Adaptável a sua necessidade: são vários CMS disponíveis no mercado – Joomla, WordPress, Drupal, Magento e outras – e, com certeza, algum deles poderá te ajudar a atingir o seu objetivo de negócio. Assim, com tantas opções disponíveis, é preciso apenas que você explore uma a uma e entenda qual é o melhor para a sua necessidade;

Manutenção da identidade visual escolhida: conforme novas páginas são criadas dentro do site, a plataforma mantém automaticamente a identidade visual escolhida, o que é bastante benéfico para o seu negócio.

Desvantagens de uma plataforma CMS

Por outro lado, apesar de serem poucas, existem algumas desvantagens em utilizar uma plataforma CMS. Vamos a elas.

Limitação quanto ao tema e layout: apesar das plataformas oferecerem variados temas e layouts para os sites, os modelos são pré-definidos e não podem ser modificados, o que limita um pouco a criatividade do editor;

Termos e usos: como se trata de uma plataforma idealizada por um terceiro, você precisa, necessariamente, concordar com os termos de uso, o que pode limitar o seu projeto de website;

Menos flexibilidade: caso você queira alguma função muito específica em seu site, a plataforma CMS pode não ter essa flexibilidade, o que exige uma linguagem em programação mais avançada para instalá-la.

Qual escolher? 

Apesar do que foi citado acima, os benefícios em utilizar uma plataforma CMS sobrepõem as desvantagens. Nesse sentido, basta saber qual das plataformas disponíveis é a melhor para o seu objetivo de negócio.

Assim, antes de pensar em qual escolher, você precisa tem em mente qual tipo de site é o necessário. É um blog? Um e-commerce? Um site institucional? É definindo qual dessas especificações que é possível entender o CMS que irá de encontro com a sua necessidade.

Além disso, após definir o objetivo, é preciso entender quais são as plataformas e suas funcionalidades. Dessa maneira, fica mais simples optar por um ou outro.

Vamos tratar brevemente dos 3 CMS’s gratuitos mais utilizados e, dessa forma, você pode entender de forma mais clara qual é o mais indicado.

1 – WordPress

O WordPress é a plataforma CMS mais utilizada atualmente com, em média, 27 milhões de usuários. Essa ampla difusão se deve, principalmente, pelo fato da plataforma ser muito intuitiva e de fácil utilização.

Além disso, existem mais de 45 mil plugins para WordPress, o que é um grande atrativo para quem deseja funcionalidades específicas para a o seu site.

Logo, haja visto a sua facilidade no uso e possibilidade na instalação de plugins, o WordPress é indicado para diversos tipos de sites, como institucionais, blog e lojas virtuais.

2 – Joomla 

Uma das alternativas mais populares junto ao WordPress, o Joomla possui uma interface bastante simples, flexível e intuitiva. Além disso, é uma plataforma segura pela sua autenticação em dois fatores.

Assim, o Joomla se destaca como uma opção segura e que cabe grande personalização, podendo ser utilizada por sites comuns, e-commerces, intranet e outros.

Talvez você se interesse por – Joomla ou WordPress: qual é a melhor plataforma?

3 – Drupal 

Por fim, o Drupal é uma plataforma que exige mais conhecimento em programação para sua utilização e, por isso, não é uma opção tão intuitiva como os dois primeiros.

Quem busca pelo Drupal encontra uma opção que permite a criação de sites complexos e que gerencia dados de vários clientes. Ainda, a plataforma possui um ótimo desempenho e escalabilidade.

Concluindo 

Dessa forma, a plataforma CMS é uma ótima alternativa para o usuário que deseja ter um site gratuito e com alto desempenho, além de fácil utilização.

Porém, para atingir o seu objetivo de negócio, é preciso entender quais as melhores plataformas e qual delas irá cumprir da melhor forma a sua necessidade.

Gostou deste conteúdo? Temos um blog cheio de novidades e conteúdos relacionados ao desenvolvimento de sites e outras funcionalidades. Conheça!

(41) 3010-6333 | (41) 9 9129-6666

Av. Rep. Argentina, 2275 - Sala: 201, Água Verde - Curitiba/PR

contato@abrigovirtual.com.br | suporte@abrigovirtual.com.br